ROÇA FERNÃO DIAS

20-11-2023

A Roça Fernão Dias, eterniza a memória do massacre de 1953. A roça está localizada há poucos metros do pontão cuja construção em 1953 ceifou a vida de centenas se não milhares de santomenses.
O pontão construído em 1953, é o testemunho vivo da história horrível que o regime colonial Português escreveu em São Tomé e Príncipe. Muitos santomenses foram vítimas do massacre orquestrado pelo Governador Carlos Gorgulho. Por isso desde a independência nacional em 1975 que as celebrações do dia dos mártires da liberdade, decorrem no memorial da praia de Fernão Dias.

Um memorial foi ali erguido para perpetuar a memória das vítimas.
Fernão Dias funcionava como porto-de-mar, para armazenar e enviar produtos por via marítima, através de um edifÍcio e organização que o distinguem por essa função específica.

Ao que parece existe um projecto do ISCTE, que pretende ser um motor de requalificação sustentável, justo e inclusivo, proporcionando um desenvolvimento abrangente do território e fortalecendo a ligação ao mar.
Será?

Crie o seu site grátis!